Cansada

terça-feira, 4 de janeiro de 2011
Ela anda cansada de ser inerte, grita e discute com seus demônios. Sente vergonha de falar sobre o amor, enquanto se sente suja em seus lençóis amassados.
Ela está cansada de seus homens idiotas que um a um ela foi passando pra trás. Ela não agüenta mais repeli-los, enquanto eles se aproveitam de seu corpo exausto. Ela se deita e se despe enquanto sente nos olhos alheios luxuria, ela deseja companhia, enquanto eles puxam seu cabelo e lhe cravam os dentes,  ela quer carinho. Em meio a palavras sujas que são cuspidas ao léu, ela deseja rimas perfeitas. E sob um refrão de um bolero qualquer ela rabisca seu samba de uma nota só.
Ela fantasia fazendo amor sob as estrelas enquanto cata suas roupas do chão do motel barato, sente o gosto de pão fresco com geléia quando traga seu cigarro culpado.
Ela tem amor, em demasia tamanha que transborda, ela tem vida, fez planos, tem sonhos. Entre tantas bocas e línguas, ela quer mãos dadas, vestida com suas roupas perfeitas, ela quer um par de meias velhas para seus pés calejados.
Ela tem amor, ela é amor, e é no amor que seus goles saciam, seus tragos acalmas e sua cabeça relaxa. Tanto amor que fervilha, queima e rasga por dentro.
Ela esta tão cansada de ser inerte que a dor já não parece absurdo, ela quer sentir, quer sucumbir ao mais complexo conjunto de sentimentos.
Quer seu coração tomado, ou partido, isso não mais importa. Sorriso ou pranto, desespero ou acalanto, ela cansou de ser inerte.



P.S.: Desculpem a ausencia, eu tenho mais de 80 textos inacabados, pois me falta alguma coisa pra terminar. Enfim, respondi todos os emails. Amei de verdade o carinho. Beijos e Boa Leitura.

2 Pessoas que não levaram choque ao comentar:

  1. Leo disse...:

    Cansada de ser inerte? joga tudo pra cima e atitude!

  1. Acho que me sinto exatamente assim... apenas sem o cigarro!!!

 
© Coisa Nenhuma Com Nada | Designed by Thailand Hotels, in collaboration with Tech Updates, Webdesign Erstellen and Premium Wordpress Themes