O garoto do violão

terça-feira, 12 de outubro de 2010



Esse garoto me alucina, quando me beija em segredo, quando me toca em sussurros, quando me olha nos olhos. Ele tem a pele clara, a barba mal feita, os olhos tão lindos e as bochechas gostosas. Ele domina meu corpo com graça, me faz cafuné pra dormir, me puxa os cabelos e me crava os dentes. Ele só quer saber do seu rock’n roll.
Esse garoto morde meus lábios, me empurra pra longe, ilude meus ouvidos e depois ri da minha cara. Brinca com meu corpo, viola meus sentidos, enlouquece meus instintos e desintegra minhas rimas. Ele só quer saber dos acordes do seu violão.
Esse garoto confunde meus conceitos, retira meus direitos, me faz errar a conta. Ele zomba da minha utopia e ignora minha razão. Ele entorta minha linha, estraçalha minhas muralhas, me agarra em longos braços, se coloca entre minhas pernas e faz de minhas regras o ridículo. Ele só quer saber dos acordes do seu violão.
Esse garoto me confia segredos, me anseia seus medos, me conta seu dia. Ele segura minha mão, mas não caminha ao meu lado, se deita em meu peito, mas não sonha comigo, ele respira minha loucura e inspira meus pensamentos. Me desmonta com os dedos, me derrete com sua língua, me morde os seios e me faz amor. Se deita ao meu lado, acende um cigarro e pensa nos próximos passos. Ele só quer saber dos acordes do seu violão.
Esse garoto é minha tortura, meu inferno, minha maior tentação. Escapar é utopia, resistir já não faz mais sentido. Eu gosto dos beijos falsos, do gosto da sua boca, do cheiro da sua pele. Transformo momentos, crio fantasias, descubro seus truques e driblo suas cifras. Do amor eu esqueço, do pranto me acalmo, em seus olhos me envaideço e nos seus braços não me prendo. Não o desejo sem sua ironia, não o amo sem suas vaidades, não o quero sem suas manias, pois grande parte das minhas melhores danças saíram dos acordes de seu violão.


**************

Beijos e Boa Leitura

5 Pessoas que não levaram choque ao comentar:

  1. Moma disse...:

    Texto lindo! Adorei...

  1. Camila Costa disse...:

    Não o desejo sem sua ironia, não o amo sem suas vaidades, não o quero sem suas manias, pois grande parte das minhas melhores danças saíram dos acordes de seu violão.


    Apois dance ate acabar o folego!

  1. Natália disse...:

    Tenso, cara! Esses fatos que dão origem a textos são são tensos. E esses textos que se originam de fatos me convidam a participar da tensão! =X
    AUSHUAHSUAH

    Bjon

  1. Pq vc arrasouuuu mais do que nunca... imaginei cada palavra, cada frase, cada paragrafo...
    Simplesmente vcs!!!

  1. L. Figueiredo disse...:

    Pq seu texto é super bacana e irei seguir seu blog! ;]

 
© Coisa Nenhuma Com Nada | Designed by Thailand Hotels, in collaboration with Tech Updates, Webdesign Erstellen and Premium Wordpress Themes